L’Oréal se envolve na luta contra os teste em animais

A EPA (Agência de Proteção Ambiental) define os níveis aceitáveis de exposição tóxica de produtos lançados nos Estados Unidos, baseado no resultado de teste em animais. É uma das agências que exigem mais testes em animais para liberar produtos nos EUA e por isso considerada uma grande inimiga dos direitos deles. A L’Oréal, grupo mundial que lança anualmente grande quantidade de produtos com ingredientes nunca usados, também não é muito querida pelos defensores dos animais, mas ambas as empresas pretendem mudar essa imagem.

A EPA e a L’Oréal se uniram em um projeto para lutar contra os testes em animais. A marca francesa doou 1.2 milhões de dólares para esse projeto que busca fontes alternativas para testar a segurança de produtos. Está sendo criada uma ferramenta chamada ToxCast que promete checar substâncias por resultados tóxicos com grande rapidez, evitando os testes em animais.

Mesmo quando possíveis, testes químicos saem muito mais caro que testes em animais, por isso tantas empresas continuam na mesma direção. Mas apesar de ainda fazer testes em animais em algum nível, a L’Oreal garantiu que faz pesquisar para evitar essa prática há mais de 30 anos.

Sabemos que os testes em animais são quase sempre dolorosas e muita vezes mortais, por isso o esforço de uma empresa tão grande para mudar o cenários dos testes de produtos é boa notícia, mesmo que a principal preocupação seja a imagem em um mundo cada vez mais preocupado com os animais e o meio ambiente.

Veja as marcas que não testam em animais

Veja as marcas que testam em animais

Fotos: Reprodução

Matérias Parecidas