Porque amamos The Good Wife

10 As reviravoltas bem pensadas dos casos

The Good Wife

Seriados com tribunal, investigação e reviravoltas existem aos montes. Mas as descobertas da Kalina e os insights da Alicia nunca são fantasiosos, mal explicados ou surgem do nada.

Quantas vezes em Law and Order (que eu amo) usaram tecnologias inexistentes para explicar descobertas ou respostas caíram no seu colo dos investigadores porque tiveram uma intuição muito irreal sobre algo? Em The Good Wife o modo que os personagens chegam na resolução dos casos é tão incrível que ficamos sempre impressionados com a inteligência deles.

9 As mulheres da série

The Good Wife

É dificil saber qual personagem feminino da série amar mais. Mesmo que tudo gire em torno de Alicia, vez ou outra é Diane ou Kalina que roubam o amor. O trio que figura entre os protagonistas da série é de mulheres destemidas, inteligentes e incansáveis quando tem algum objetivo.

Kalinda ainda ganha pontos por tornar todas as suas falas sexy e Diana está sempre charmosa, sendo super forte ou tendo seus momentos mais sensíveis.

7 Os terninhos

The Good Wife

Aqui no Brasil é difícil ver mulheres se vestindo tão formalmente para trabalhar, até mesmo advogadas. Mas o figurino de Alicia, Diana e dos personagens convidados são tão bem produzidos que dá vontade de se mudar para Chicago e adotar o estilo.

Claro que as atrizes seguram os looks como poucas conseguiram né.

6 Cary Agos

O ex-Logan de Gilmore Girls já ganha atenção por este passado. Mas Cary é um personagem muito mais interessante. Cheio de atitudes má intencionadas que nos parecem justificáveis, ele tenta colocar sua ambição acima de tudo, mas sempre é vencido pela atração por Kalinda e o coração mole que ele finge que não tem.

Todos os sentimentos e o motivos de Cary são complexos, até o ódio por Alicia as vezes soa muito mais como admiração. E tem sempre aquele sorriso e os adoráveis comentários cínicos, fica difícil torcer contra até quando ele está infernizando a nossa querida boa esposa. Mas ela sempre vence, e o no fundo ele gosta.

5 Eli Gold

Eli é muito divertido. Ainda bem que o espaço dele foi aumentando durante as temporadas. Ele é descontrolado, ansioso, prepotente e por isso sempre lança os melhores quotes. Até a Alicia que vivia com o pé atrás com ele não resiste mais. Ele é bem menos perigoso do que acha que é, mas quem for esperto não vai querer ficar no caminho dele.

4 As participações especiais que sempre voltam

The Good Wife é daqueles seriados que tem um caso diferente por episódio, mas raramente nos despedimos dos personagens. Um caso sempre acaba influenciando um caso no futuro e os juizes, advogados opostos e clientes sempre voltam.

Uns mais que outros como o juiz liberal vivido por Denis O’Hare (O Russell Edgington de True Blood) e o advogado sonso vivido por Michael J. Fox. E o Mr. Bishop então? Toda hora a história acaba caindo nele de novo. Tem também o pessoal da promotoria e do FBI que estão sempre presentes. O legal é que mesmo que um caso não acabe como você queria, ainda tem chance do final mudar.

3 Os termos jurídicos

The Good Wife

Nenhum outros personagens na história tornaram termos jurídicos tão charmosos, dá vontade de mudar de profissão. Eu nunca tinha ouvido o termo em inglês “bias” (tendencioso) mas virou minhas palavra favorita. Eu quero falar que tudo é “bias”.

E quem não tem vontade de introduzir em uma conversa “here say”, “relevance” ou “prejudicial”? Sem contar quando você quer falar “objection” para algum comentário idiota e precisa se conter.

2 O carater dúvidoso dos personagens

Will Garner, Diane Lockhart, Peter Florrick, Kaliana Shaman, Cary Agos, Eli Gold e até Alicia Florrick. Tem algum personagem nessa série que não viva numa linha muito ténue entre o certo e o errado? Nunca dá para saber exatamente quem eles realmente são e do que são capazes porque as vezes rolam atitudes super heróicas e outras vezes eles demonstram serem capazes de fazer coisas para la de imorais para conseguir o que querem.

Alicia ainda reluta contra esta realidade, mas vez ou outra se afasta da personalidade de boa garota para vencer um caso. A gente sempre perdoa os delitos de todos eles, mas confiar nessa galera não é lá boa idéia.

E entre tantas nuances que descobrimos sobre o caracter de Will ou Peter, qual deles é menos ordinário? Acho que ambos amam Alicia, mas será que realmente um deles a merece?

1 Alicia Florrick

The Good Wife

Alicia é a mulher mais fina desse mundo. Mantém a roupa suja em casa (quando permitem), fala quando precisa, não eleva a voz, usa a poker face sempre que está em uma situação constrangedora, se veste impecavelmente, se maquia como uma descendente do trono inglês e podemos continuar. Além de sempre linda, Alicia está sempre dando o melhor de si, evita como pode atingir outras pessoas e luta por sua família e por sua felicidade com muita força e gentileza.

Uma mulher muito real, como muitas que tem que recomeçar uma vida já ganha de uma hora para outra. Que precisa se reinventar em uma idade que muita gente acha que a vida já está encaminhada. Alicia tem muitos medos, mas enfrenta todos eles e se dá menos crédito do que merece, como toda boa mocinha. Mas ela não é das mocinhas chatas, é boazinha, e leva muito desaforo para casa, mas quando ela escolhe uma briga, ninguém ganha dela.

Um personagem construído em muitas camadas, mais real que muita gente, Alicia é a conexão entre todos os personagens e enredos da série e consegue manter a história cada vez mais interessante.

Fotos: Reprodução

Matérias Parecidas